Como chegar

REFÚGIO DO LAJEADO – Rio do Ouro – Distrito da Barra do Ouro – Maquiné, RS

COMO CHEGAR:

DE ÔNIBUS DE PORTO ALEGRE – BARRA DO OURO

O ônibus direto das 9h de POA para Barra do Ouro tarda 4h, pois vai pela estrada velha (RS 030), só vale a pena para quem quer conhecer o centro histórico de Santo Antonio da Patrulha e ver mais de perto as belas paisagens da estrada velha. Não comprar este, exceto queira uma longa viagem!!!

Para quem deseja chegar cedo, todos os dias sai as 9h um ônibus de POA indo para Osório pela Freeway que se prestam a uma boa conexão para a Barra do Ouro (comprar a passagem para Osório somente pela Freeway!!!), pedir pelo ônibus mais barato, e chegando la na rodoviaria de Osório, comprar outra passagem para a Barra do Ouro. Este ônibus chega na Barra do Ouro perto das 11h45m.

De segunda a sabado tem ônibus direto para Barra do Ouro as 14h. Leva 2h30m de viagem e vai pela Freeway. Este ônibus chega na Barra do Ouro por volta das 16h30m.

Pra quem quiser chegar tarde, as 16h sai um ônibus de POA indo para Osório pela Freeway que se prestam a uma boa conexão para a Barra do Ouro (comprar a passagem para Osório somente pela Freeway!!!), pedir pelo ônibus mais barato, e chegando la na rodoviaria de Osório, comprar outra para a Barra do Ouro. Este ônibus chega na Barra do Ouro por volta das 18h50m.

Chegando na Barra do Ouro, caso não esteja disposto a encarar a caminhada de 8km para o Refúgio, há um taxi no mercado do Nilceu, que cobra R$ 20 e leva até a Igreja do Rio do Ouro, que dista cerca de 2,5km do Refúgio. É bom combinar com ele a volta.

Lembrando que para o retorno, nos domingos e feriados o último ônibus da Barra para POA sai as 16h. É possível ficar um dia a mais no Refúgio e pegar o ônibus das 7h ou 7h45m na Barra; entretanto, é necessário acordar bem cedo. Se tiver mais tempo, saem outros as 12h, as 15h e as 16h para Osório, de segunda a sábado.

DE ÔNIBUS DE FLORIANOPOLIS – BARRA DO OURO

A melhor maneira para chegar mais cedo é pegar um ônibus noturno, da empresa Santo Anjo, que sai as 22h30 de Florianópolis. É um ônibus que pára em muitas cidades de SC e RS, chegando perto de Maquiné pelas 5h30m.  Comprar a passagem para a cidade de Terra de Areia (R$ 43), e quando o ônibus parar para lanche pelas 4h30min da madrugada pedir para o motorista para descer no posto do DNIT antes da entrada do Túnel. Dali, é preciso descer a pé até a estrada (BR antiga) que passa por baixo do viaduto e ir até alguma parada de ônibus seguindo em direção a Maquiné (seguir indicação das placas na rodovia). De segunda a sexta feira, há um ônibus que passa por ali perto das 7h15m. Em outros dias ou para adiantar a viagem, o melhor é pedir carona para os veículos que estiverem passando. Chegando em Maquiné, é possível tentar outras caronas ou pegar algum transporte para a Barra do Ouro.

Outra opção é pegar o ônibus diurno da empresa Eucatur (R$ 55) que sai de Florianópolis as 9:30 e chega em Osório as 17:15. Comprar a passagem para Osório. Se possível, pedir para o motorista  deixar no posto do DNIT antes da entrada do Túnel. Dali, é preciso descer a pé até a estrada (BR antiga) que passa por baixo do viaduto e ir até alguma parada de ônibus seguindo em direção a Maquiné  (seguir indicação das placas na rodovia). Todos os dias, há um ônibus que sai de Osório das 17:30 e passa por ali pelas 18h em direção a Barra do Ouro. Por isso, é importante insistir com o motorista para baixar do ônibus antes do túnel caso a viagem esteja atrasada, pois depois das 17:30 não há mais transporte de Osório para a Barra do Ouro.

DE ÔNIBUS DE CAXIAS DO SUL – BARRA DO OURO

É necessário pegar um ônibus em Caxias do Sul que chegue antes das 15:30 em São Francisco de Paula (somente segundas, quartas e sextas), pois nesse horário sai o ônibus que vai para a Barra do Ouro (R$ 15).

DE ÔNIBUS DOS DEMAIS MUNICÍPIOS E REGIÕES

Em geral, para quem vem do RS, utilizar os itinerários via Porto Alegre e Osório ou Caxias do Sul e São Francisco de Paula. Para quem vem de SC e resto do Brasil, utilizar os trajetos sugeridos via Florianópolis, lembrando que o ônibus noturno da empresa Santo Anjo pára em várias cidades importantes, como Imbituba, Criciúma, Araranguá, entre outras. Caso venha de avião, o mais fácil e barato é vir para Porto Alegre e lá seguir os trajetos e horários sugeridos.

DE VEÍCULO PARTICULAR DE PORTO ALEGRE – BARRA DO OURO

1-     Ir até Maquiné (25km de Osório, seguir pela BR 101 e entrar na primeira entrada a direita após o túnel) e seguir para Barra do Ouro (aproximadamente17 kmdo centro de Maquiné por estrada de chão boa), último local onde se pode comprar o que for necessário.

DE VEÍCULO PARTICULAR DE CAXIAS DO SUL E DEMAIS MUNICÍPIOS DA SERRA GAÚCHA E CATARINENSE – BARRA DO OURO:

Vindo da Serra há a estrada da Serra do Umbu (perguntar por ela na cidade de São Francisco de Paula), cujo acesso fica a 15km de asfalto de São Francisco de Paula (45km de estrada de chão em estado variável). Há também o caminho via Taquara e Riozinho, explicado mais abaixo.

DE VEÍCULO PARTICULAR DE FLORIANÓPOLIS E DEMAIS MUNICÍPIOS DO LITORAL NORTE GAÚCHO E LITORAL CATARINENSE – BARRA DO OURO

Vir pela BR 101 até o município de Terra de Areia – RS (cerca de 320km de Florianópolis). Seguir reto pela BR 101 atravessando a cidade, e cerca de 10km depois há uma entrada a direita, bem sinalizada, indicando Maquiné. Entrar ali e logo após (2km) novamente pegar a direita na rotatória de acesso a cidade, seguindo reto pelo asfalto e estrada de chão até a Barra do Ouro.

CHEGANDO NA BARRA DO OURO:

3 – Depois não tem mais erro, é preciso seguir por cerca de 7 km pela única estrada até chegar no Refúgio. Após cruzar uma barragem cerca de 6 km da Barra do Ouro há um cemitério e um gramado amplo, ali é conhecido como a Igreja (ou Capela São Paulo). Seguindo mais 200m existem mais três casas e um secador de fumo (casa de tijolos de dois andares), na última casa há um pátio amplo, para carros de passeio é possível estacionar neste pátio (casa do Telmo, dizer que é meu amigo e pedir pra deixar o carro ali, é tranqüilo; se não tiver ninguém, também não há problema). Adiante, há uma subida forte e pouco nivelada em seguida (é possível subir com carros de passeio, devagar e pedindo pros passageiros desembarcarem antes da ladeira). Seguir adiante por mais 2km (sugere-se que daqui em diante que os passageiros de veículos pequenos vão a pé, apreciando a Natureza, enquanto o motorista leva o carro e as bagagens), onde há uma cabana de dois andares. Logo em frente há um pequeno atoleiro, logo, em dias úmidos, é recomendável estacionar carros aqui; as motos e camionetes podem seguir um pouco mais adiante, até a beira do rio cerca de 200m adiante, ou até mesmo atravessá-lo caso o nível esteja baixo (observar as pedras!), onde é possével estacionar. Não há pinguelas nem barragens para esta travessia, fazê-la com cuidado a pé, pois as pedras podem estar escorregadias. Para quem não tem botas de borracha, é melhor tirar os tênis e mergulhar os pés na água mesmo, usando um pedaço de pau como cajado, ou atravessar em duplas, com pouca carga de cada vez. O camping fica a direita logo depois da travessia do rio. A cabana fica 50m adiante. Fim da (primeira) aventura! Se não tiver ninguém em casa, se abancar, montar acampamento, fazer um fogo no fogão campeiro e um mate, ou pular no rio, ou sair andando pelas redondezas e dar uns gritos, podemos estar trabalhando ou passeando. Não andar descalço no mato fechado na primavera e no verão, pois existem espinhos e animais peçonhentos.

ROTEIRO ALTERNATIVO (PARA DIAS SECOS DURANTE A LUZ DO DIA):

      Sair cedo de Porto Alegre, pegar a RS 030 até Taquara, seguir para Rolante e Riozinho (tudo asfalto), lá chegando perguntar em como ir para Barra do Ouro. É uma estrada de serra, de terra, onde se sobe a cerca de 1000m de altitude, pouco movimentada e muito bonita, de 33 km de extensão, com alguns pontos ruins. A distância é a mesma. Vale a pena na ida, pois não paga os dois pedágios da Freeway, e o caminho é mais bonito e tranqüilo. Há vinho colonial a venda em uma casa cerca de 8 km de Riozinho (perguntar). Entretanto, demora cerca de uma hora a mais e é muito mais impactante para o veículo. Há um mirante natural quando se começa a descer a serra do lado da Barra do Ouro, à esquerda, parada imprescindível. A entrada para o Rio do Ouro fica pouco antes de se chegar na Barra do Ouro, mas é preferível ir até o povoado e perguntar, para não se perder.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: